QUERO FAZER ANDAR!

ASSINE E APOIE A CONCLUSÃO DA ESTAÇÃO GÁVEA DO METRÔ

INFOGRÁFICO

HISTÓRICO(e todos os benefícios que você vai ter)

1

CHEGAR MAIS CEDO

A Estação Gávea vai permitir melhor mobilidade e rapidez no transporte para 22 mil pessoas por dia

2

INTEGRAÇÃO

A ligação Gávea-Carioca inclui mais 5 bairros do Rio na rota e reduz o tempo de transferência para outras linhas do metrô

3

REFORÇO AO COMÉRCIO

A nova estação vai revigorar a economia local e valorizar a região com acesso fácil, rápido e cômodo para os usuários

4

EVITAR O DESPERDÍCIO

Obra parada é dinheiro público jogado fora. Retomar os trabalhos é valorizar o dinheiro do contribuinte, trazendo mais qualidade para sua vida.

5

PRESERVAR O AMBIENTE

Com a estação funcionando, o trânsito na região fica bem mais leve. E ter menos carros e ônibus nas ruas significa menos poluição e mais qualidade para o ar que você respira.

HISTÓRICO

Por que parou, parou por quê?

ARRASTA PRO LADO >>>
DEZEMBRO/1998

Contrato de concessão da Linha 4 é firmado entre Governo do Estado do Rio e Concessionária Rio Barra.

FEVEREIRO/1999

Primeira Auditoria TCE, sem alegação de sobrepreço/superfaturamento

MARÇO/2010

Início das obras de construção do trecho oeste da Linha 4 do Metrô.

Clique e saiba mais sobre as escavações
OUTUBRO/2012

Início das obras de construção do trecho sul da Linha 4 do Metrô.

FEVEREIRO/2013

Mobilização para o início das obras na frente da Estação Gávea.

SETEMBRO/2013

Segunda auditoria TCE, sem alegação de sobrepreço/superfaturamento.

AGOSTO/2014

Terceira Auditoria do TCE, sem alegação de sobrepreço/superfaturamento.

FEVEREIRO/2015

Governo determina a priorização do trecho olímpico (General Osório x Jardim Oceâanico), paralisando as obras da estação Gávea por falta de dinheiro do Governo do Estado do RJ, com 43% das obras concluídas.

JUNHO/2015

TCE inicia a quarta auditoria nas Obras da Linha 4.

AGOSTO/2016

O trecho olímpico da linha 4 é inaugurado sem a Estação Gávea.

NOVEMBRO/2016

TCE emite Relarório preliminar em que aponta supostos sobrepreço e superfaturamento nas obras da Linha 4 e determina a retenção dos créditos detidos pela CRB em face do ERJ, e a proibição de repasses de verbas do ERJ para continuidade das obras da Linha 4.

JULHO/2017

Poços começam a ser inundados para estabilização da área do entorno da futura Estação Gávea.

JANEIRO/2018

TCE permite retomada das obras com base em novos preços formados pelo tribunal, mas Ministério Público consegue na Justiça impedir o reinício.

ABRIL/2018

Finalização da inundação dos poços, com monitoramento apontando estabilidade.

MAIO/2018

MPERJ ajuíza Ação Civil Pública em face dos alegados sobrepreço e superfaturamento nas obras da Linha 4.

SETEMBRO/2019

MP pede retomada das obras considerando os preços e critérios de execução estabelecidos pelo TCE e proibição de aterramento dos poços.

NOVEMBRO/2019

Justiça autoriza retomada das obras da Linha 4 (Estação Gávea).

JANEIRO/2020

CRB apresenta novo projeto conceitual para Estação Gávea a Setrans e PGE, e sugere ao TCE rever custos levantados pelo tribunal sobre a obra, considerando ausência de pressupostos técnicos básicos nas considerações do TCE.

JULHO/2020

CRB contesta valores apontados pelo TCE utilizando-se de laudo do professor Aldo Dórea Mattos, especialista renomado. Tal laudo detalha equívocos em custos e métodos usados pelo TCE para a análise técnica da obra.

LEIA AQUI O PARECER
ABRIL/2021

Relatório da FDTE/USP - Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia - conclui não ter havido nem sobrepreço, nem superfaturamento nas obras da Linha 4

CLIQUE E LEIA O RELATÓRIO NA ÍNTEGRA
ATUALMENTE

Apontamento do TCE permanece sem revisão, impedindo a retomada das Obras por ausência de pressupostos técnicos básicos. ERJ permanece sem cronograma físico/financeiro para continuidade das obras da Linha 4.

Além dos trilhos

A união faz a força

A responsabilidade de finalizar a estação Gávea é do Governo do Rio de Janeiro. Mas o benefício será de todos!

A estação Gávea, para o morador do bairro, é muito importante. A estação vai reduzir a cultura do automóvel, e isso é importante para a cidade toda. Hoje, o morador da Gávea, se quiser pegar o metrô, tem que pegar um táxi até o Leblon, e isso é um atraso de vida.

- RENÉ HASENCLEVER,

Presidente da Associação dos Moradores da Gávea (Amagável)

A estação Gávea é de real importância porque vai comunicar a Gávea e arredores ao restante da cidade e à Zona Oeste. E vai acabar com o alagamento dos poços da obra, sendo de suma importância a conclusão da obra.

- LUIZ IGREJAS,

Presidente da Associação de Moradores do Alto Rebouças (AMAR)

A estação Gávea é fundamental para o transporte da população, numa região enorme. O crescimento do metrô é vital para a cidade.

JOSÉ BRITZ,

Presidente da Associação de Moradores e Amigos de São Conrado (Amasco)

Ajude a Divulgar

Voltar ao Topo
Compartilhe o site

Realização
Concessionária Rio Barra S.A.
CNPJ. 02.893.588/0001-85
Av. Rio Branco, 156 - sala 1703
Centro/RJ
Tel. 21 2131 7269